h1

Old Dragon, Movimento Old School e Saudosismo

10/10/2011

Por T

Neste post gostaria de discorrer sobre o meu apreço ao Old Dragon e ao movimento Old School, sendo que, mesmo depois de um tempo jogando a terceira edição do D&D, assim como o Pathfinder, resolvi utilizar de vez o Old Dragon e as idéias do movimento Old school nas minhas sessões de jogo. Digamos que, aqui vou tentar discorrer sobre os motivos que culminaram no apego (não saudosismo) às edições anciãs do D&D, ao movimento old school, e por fim, ao Old Dragon.

Na semana que passou, surgiu uma polêmica em torno do Old Dragon a partir de uma resenha que foi feita do jogo. Na resenha em si, o autor afirma que o jogo é desnecessário, saudosista, entre outras coisas, servindo somente para aqueles que não tiveram acesso a edições anteriores do D&D (seja AD&D, D&D 3.0/3.5, Pathfinder e afins), ou que quisessem matar a saudade dos tempos de jogo anteriores a 3ª edição do D&D, por muitos considerada como a era de ouro do sistema, logo, saudosismo puro. Em outras palavras, joga-se Old Dragon porque se sente saudades dum outro tempo, do momento em que o RPG era old school, com todas as suas qualidades e defeitos.

Vejam só, para meu completo espanto, eu, que comecei a jogar D&D na terceira edição, passando inclusive pelo Pathfinder, que admiro até hoje, gosto bastante de Old Dragon e do movimento old school, tanto do Brasil, quanto norte-americano. Discordo completamente quando o autor diz que o Old Dragon serve para quem é saudosista: sou completamente o oposto, nunca joguei AD&D na vida, nem as edições mais antigas do D&D, tanto o Old Dragon quanto o movimento old school são coisas novas para mim. Não é por saudade que aprecio os trinta anos de conteúdo do D&D/AD&D/whatever, é pela qualidade dos livros, pela proposta de jogo que estes trazem consigo. Tenho livros da 3ª edição, do Pathfinder e do AD&D em casa, mas nada disso me impede de ter e jogar o velho dragão, ou qualquer outro jogo.

Gosto da proposta old school, da intenção de incentivar o jogador a usar a sua criatividade e discernimento para resolver os problemas que o jogo traz, sem precisar recorrer a talentos, vantagens ou desvantagens que o personagem possa ter registrado na sua ficha. O jogo old school prima pela exploração, investigação, tentativa e erro, sorte e azar, caos muito além da ordem. O combate existe, mas se você acha que pode entrar numa dungeon e zerar ela, assim, num iscar de olhos, vai se dar mal. Não dá pra se meter em tudo que envolve porrada, tem que saber quando evitar o combate, quando fugir, quando se esconder. Claro que você pode promover esse estilo de jogo no Pathfinder, por exemplo, utilizando algumas muitas modificações. Já o Old Dragon (e outros jogos da linha OSR, a famosa renascença old school) propicia ao mestre um maior poder de decisão sobre o jogo, com maior capacidade de mudanças e ajustes, que de certa são incentivados por um sistema mais aberto, com poucas regras e maior espaço para criação, mais espaço para o caos de idéias e modificações do mestre e também dos jogadores.

Certo, mas nada disso impede que eu jogue 4E ou Pathfinder. A proposta de cada jogo é diferente, mas não desnecessária ou mais ou menos inovadora. Eu optei pelo dragão velho misturado com AD&D e algumas coisas do Pathfinder, só que isso não me dá o direito de desmerecer outros jogos, simplesmente por serem diferentes daquilo que me atrai. Não sou o detentor de verdade nenhuma, somente da certeza em relação ao sistema que me diverte mais, que permite maiores modificações.

Abraços a todos os fiéis 1d3 leitores e até o próximo post.

Anúncios

4 comentários

  1. É a prova viva do que eu repito há mais de 2 anos. Saudosismo pra quem precisa de saudosismo. E só!


  2. Bela defesa de ponto de vista, sem agressões desnecessárias. Parabéns!

    Concordo com você, também gosto do OD muito mais pela liberdade que ele me dá do que por saudade das regras de AD&D.

    Ele resgata algo muito melhor pra mim, o clima daquela época e nisso foi a primeira publicação a fazer. Sim, porque eu conseguiria fazer isso com o sistema pedra-papel-tesoura, mas se tem o OD pra facilitar isso, vou ter trabalho pra quê? hehehe


  3. O cara que disser que tem saudade do TAC0, jogadas de proteção esdrúxulas e detectar mentiras (sentir motivação, alguém?), eu mando internar!


  4. Existe uma discussão muito interessante (com um pequeno índice de trollagens) sobre old-school

    http://www.spell.net.br/forum/viewtopic.php?f=12&t=7279&sid=614739f008b14421b941f0e44ee02c83

    Vale a pena conferir.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: