h1

Arton da minha mesa – Igreja de Valkaria

22/02/2012

ARTON DE MINHA MESA

A intenção desse texto é expressar como eu vejo Arton e por tabela ajudar os jogadores da minha mesa a vê-lo pela mesma ótica. Para tanto acredito ser importante apresentar alguns pontos de difícil interpretação (pelo menos pra mim) sobre o cenário.

Arton é um cenário bem grande, mesmo o Reinado possui um espaço geográfico considerável o que exige muitas “coisas” para preencher todos os espaços. Algumas vezes o próprio Marcelo Cassaro respondeu em entrevistas das dificuldades de ter um cenário tão grande para trabalhar.

Nesses primeiros textos as questões que pretendo abordar serão a respeito das religiões artonianas.

Como se apresenta esse ponto na minha mesa é diferente da proposta “oficial”. Primeiro a religião é mais vinculada à organização política, alguns reinos possuem uma religião oficial e a própria interpretação das divindades muda pode mudar para cada raça, cada reino do cenário. Portanto tentarei fazer um resumo de cada uma das religiões:

VALKARIA

Valkaria, deusa da aventura, da humanidade e da ambição

A Igreja Valkariana se encontra sediada na cidade de Valkaria (capital de Deheon), ela também é a religião oficial do reino. Conselheiros religiosos, cerimônias ligadas à coroa ou a nobreza em Deheon são os membros da igreja de Valkaria os responsáveis pelos tribunais.

Dominante em Deheon, Valkaria possui poucos adeptos fora deste reino fruto dos incontáveis anos de prisão da deusa.

Organização

Sua organização ocorre através dos seus Pastores: Pastor Ministerial é o sumo-sacerdote; Patores Setoriais são encarregados dos grandes templos nas principais cidades ou locais importantes; os Pastores locais ficam responsáveis pelas cidades menores, povoados, vilas ou auxiliam seus superiores em seus templos; e os Presbíteros são os pastores em formação que ajudam os Pastores em seus templos até a sua consagração.

Os pastores possuem muita autonomia, sem necessidade de fazer muitos reportes aos seus superiores.

Ordens e Armadas

A igreja não é muito rica em ordens de cavaleiros, as mais famosa delas porém dão conta do recado. Os Patrulheiros da Deusa é uma poderosa ordem com mais de 600 cavaleiros responsáveis pelo patrulhamento das fronteiras de Deheon.

Outra ordem digna de crédito é a Ordem dos Libertadores, formada por ordem do Pastor Ministerial após a libertação da Deusa Valkaria. Esta pequena Ordem, composta por todas as escalas da Igreja tem missão inversa a de seus irmãos Patrulheiros, enquanto os primeiros têm seu raio de ação limitado pela fronteira de Deheon, os Libertadores devem ir em busca de aventuras pelos três cantos de Arton e espalhar a palavra de Valkaria.

Por fim, pela flexibilidade de sua organização (e pela cultura da religião: deusa dos homens e da ambição) a igreja de Valkaria é uma das religiões que mais produz clérigos aventureiros, estes pastores vagam pelo reinado pregando as palavras de Valkaria e procurando fundar novos templos.

Clérigos

Os pastores, quando responsáveis por alguma igreja, trajam-se de compridos mantos. Quando participam de aventuras os clérigos de Valkaria são práticos, trajes de aventureiros, armaduras e armas (em sua maioria maças, mas podem usar qualquer tipo de armas).

É comum em suas roupas, túnicas ou armaduras as cores vermelho escarlate ou púrpura predominem. O símbolo sagrado mais comum entre os clérigos são pequenas estátuas da imagem de Valkaria na capital. Agora com a deusa libertada a igreja tenta implementar um novo símbolo, o mais comum são seis faixas entrelaçadas presas ao braço do fiel.

Paladinos

Paladinos são raros, na maioria das vezes são aventureiros abençoados pelo toque de Valkaria e raramente pertencem a algum templo, os poucos ligados a instituição pertencem aos Patrulheiros da Deusa ou aos Libertadores e dentro da igreja são conhecidos apenas por Campeões.

Templos

Não existe uma disposição arquitetônica específica para seus templos. Em algumas localidades os templos são fundados a partir de lugares já construídos.

Por esta característica, pode-se observar de maneira geral entre os templos serem lugares simples e práticos, sem grandes requintes, geralmente um grande salão central.

Uma curiosidade, uma vez que os templos não são espaços pensados para tal eles não possuem espaços para dormitórios, obrigando seus clérigos a morarem em casas pela cidade. Para tanto, é comum a contratação de aventureiros para a guarda os templos.

A fé se baseia na aventura e na ambição, seus pastores conclamam os fiéis a procurarem aventuras, as mais diversas possíveis desde enfrentar o vizinho brigão ou simplesmente cortejar a moça pretendida, praticamente tudo é visto como uma aventura pelos olhos destes clérigos e a ambição soma-se a essa aventura, toda a aventura deve apresentar algum ganho, benefício, algo que mude a sua vida pra melhor (ajudas e esmolas não são bem vistas por esta fé), mas uma doação para igreja pode ser uma grande aventura que possa lhe garantir um quarto no palácio de Valkaria ao fim da vida.

Finaças

A igreja se sustenta através do apoio da coroa, das doações de seus fiéis e pelos dízimos cobrados dos tesouros conquistados por seus clérigos nas muitas aventuras nas quais eles participam. O que provavelmente torna a Igreja de Valakaria a mais rica entre todas as religiões e uma das organizações mais poderosas do reino de Deheon.

Valkaria em todo o seu esplendor

Anúncios

3 comentários

  1. Pessoal refiz o post, acho que assim ele ficou mais organizado, mais limpo e na minha opinião mais bonito.
    Conto com a participação do pessoal para saber se gostaram, valeu.


  2. Mais um acréscimo de material, os clérigos… pelo amor dos deuses eu esqueci dos clérigos!


  3. Cara, ficou muito bom! Eu fiz algo bem parecido com isso em minha mesa de jogo.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: