Posts Tagged ‘Clérigo’

h1

Arton da minha mesa – Igreja de Keenn

02/01/2014

Iniciando 2014 com um post novo! Urru!

A caótica e belicista Igreja de Keenn.

escaflowne-van-fanel-the-vision_218191

Read the rest of this entry ?

Anúncios
h1

Arton da minha mesa – Igreja de Tauron

08/09/2013

Peregrino

tauron

Cosmogonia Taurica

(Parte 1)

No começo era apenas a chama primordial.

Depois veio Cnossos, o infindável palácio.

De lá surgiram todas as raças, que buscaram pela chama.

Cada uma a seu modo.

Os múltiplos humanos, os subterrâneos anões, os longevos elfos e outras mais.

Mas entre todas as raças apenas uma provou ser a mais forte.

O solitário Tauron foi o primeiro.

E ele fez da chama primordial a sua coroa.

Com as demais raças ele partilhou sua força e dessa união nasceram os minotauros.

Read the rest of this entry ?

h1

Arton da minha mesa – Igreja de Tanna-Toh

12/07/2012

Por Peregrino

ARTON DE MINHA MESA

Seguindo os textos a respeito das Igrejas de Arton, a próxima escolhida é a de Tanna-Toh. Como escrevi no último texto eu realizando interpretações a respeito de pontos do cenário que eu não concordo ou penso de forma diferente.

Nestes primeiros textos escrevo sobre as igreja de Arton, acho elas confusas com as ideas de sumo-sacerdotes e difícil de entender como elas funcionam no cenário, então eu as reinterpreto conforme acho melhor para o cenário.

Buenas, chega de papo e vamos para a parte que interessa hoje é dia de Tanna-Toh…

Read the rest of this entry ?

h1

Arton da minha mesa – Igreja de Valkaria

22/02/2012

ARTON DE MINHA MESA

A intenção desse texto é expressar como eu vejo Arton e por tabela ajudar os jogadores da minha mesa a vê-lo pela mesma ótica. Para tanto acredito ser importante apresentar alguns pontos de difícil interpretação (pelo menos pra mim) sobre o cenário.

Arton é um cenário bem grande, mesmo o Reinado possui um espaço geográfico considerável o que exige muitas “coisas” para preencher todos os espaços. Algumas vezes o próprio Marcelo Cassaro respondeu em entrevistas das dificuldades de ter um cenário tão grande para trabalhar.

Nesses primeiros textos as questões que pretendo abordar serão a respeito das religiões artonianas.

Read the rest of this entry ?