h1

O Taverneiro e Dante, o Galante.

28/09/2011

Olá …

“Aproveito este momento para fazer minha apresentação oficial aos que me escutam.  Aqueles que leram minha mensagem anterior já conhecem minha história, portanto basta apenas dizer que não me chamo Taverneiro, embora prefira esta alcunha ao meu nome, já que esta representa muito mais do que sou.”

Ilustração de John Sibbick

O Taverneiro

Olá 1d3 + 2 leitores!…(Deixando de lado o jogo de interpretação, e agora falando realmente como autor deste blog).

Bom gurizada, espero que vocês entendam esta confusão que estou fazendo. Na verdade tenho dificuldades nas apresentações oficiais e fico um pouco atrapalhado quanto a produção escrita neste tipo de mídia. Deve ser por esta razão que utilizarei o autor Taverneiro como uma espécie de personagem a partir do qual construirei meus posts. Para além disso posso dizer que jogo RPG a mais de 10 anos, (acho! arredondei para não precisar contar) mestro normalmente Dungeoneer, que é o módulo avançado das Aventuras Fantásticas, e Trevas. Claro que já joguei e mestrei outros jogos, mas estes são meus preferidos. Espero, como autor compartilhar experiências, histórias e dicas de mestre e de jogador.

Para não deixar este Post em branco aproveito para apresentar a história do personagem que enviei para a falecida promoção Um Momento de Tormenta . Há apenas a história do personagem, pois como mestre e autor do blog prefiro dar mais força a elementos interpretativos e descritivos. Dessa forma fica ao cargo da criatividade dos mestres a produção das fichas e demais características que acharem necessárias. Espero que gostem.

Dante, o Galante

Dante quando fugiu de sua casa pensava só em sumir, em se desfazer no ar, em levitar. Esse desejo ameaçava-o com a promessa de eterna companhia. No entanto, o desejo sumiu, como por um sopro divino, provocado não pela sua saída de terras a serem esquecidas, menos ainda pelo seu acolhimento por um mercador, de Zakharov, em um novo seio familiar, mas sim pelo acolhimento nos seios de Sarissa, mulher do mercador, aos 12 anos de idade. No âmago da nova família, Dante conheceu Deheon, Ahlen, Tollon e outros lugares e costumes impressionantes aos seus olhos. Esqueceu de muitas coisas que deveriam morrer no passado, e descobriu aquilo que anteriormente não pensava existir.

Infelizmente, como por um sopro mundano, o que era certo aconteceu. Dante não gosta de contar sobre a história de uma viagem a Ahlen, nem das chantagens, sangue e mortes. O que ele gosta de contar é o que se sucedeu, que é uma história muito longa na qual Azgher viu um jovem garoto, de cabelos pretos desgrenhados, se transformar em um homem esbelto e de barba rala, assim como Tenebra viu o jovem aprender a conquistar a mais bela donzela e fugir da mais alta janela.

Dante inventou uma nova vida e, esquecido totalmente de seu passado, foi perguntado, certa vez, sobre sua origem, e respondeu ser de Petrynia. Uma escolha estranha já que ele poderia ser de qualquer lugar, mas ele sabia que era muito parecido com o povo deste reino, pois, assim como todos, ele era um grande contador de histórias e também um grande aventureiro. Dante nunca enfrentou um dragão, muito menos entrou na mais alta torre para matar o bruxo amaldiçoado. Ele prefere ir a lugares que poucos ousam adentrar, enfrenta labirintos intransponíveis nos quais grandes guerreiros recuariam. Seus vilões são diferentes, seus desafios são outros e seu tesouro é somente um, o aconchego nos braços de uma mulher apaixonada.

Anúncios

2 comentários

  1. Vou ver se arranjo um tempo para fazer a ficha do Dante para TRPG.


  2. Muito legal o background. Figura mitológica esse Dante.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: